2022: Emanuel Pinheiro diz ter alternativa para governo Mauro Mendes

Compartilhe Nossas Notícias

Prefeito de Cuiabá disse que defende uma proposta oposta para um governo de Mato Grosso que, em sua opinião, está “perdido”

(Foto: Luiz Alves)

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) fez nesta segunda-feira (15) o primeiro ensaio público sobre uma eventual candidatura ao governo de Mato Grosso, em 2022. Disse que teria uma proposta alternativa à “gestão para poucos”, como avalia o mandato do governador Mauro Mendes (DEM). 

“Estou disposto a propor uma alternativa a esse governo que administra para poucos, que vem sendo realizado pela atual gestão. Nós vamos defender essa bandeira de proposta alternativa a esse governo frustrante, que ainda não disse a que veio”, disse ele, em entrevista à Rádio Nazareno. 

Pinheiro fez críticas pontuais ao longo da entrevista. Voltou à polêmica da troca do VLT pelo BRT, dizendo que a decisão não é democrática, por não ter adotado um plesbicito, e enfatizou seu mote de gestão para a maioria, no estilo social.

LEIA TAMBÉM

“Eu defendo um modelo de Estado muito semelhante ao que está sendo feito para Cuiabá, hoje. Já faz dois anos de mandato e, até agora, ele [governador Mauro Mendes] não fez nada por Cuiabá, só fez embates, embates, embates”, afirmou. 

Pinheiro disse ainda que o MDB deve escolher um nome próprio para concorrer ao governo.

Isso implicaria, no entanto, em um afastamento entre democratas e emedebistas que – com exceção do prefeito – tem se mantido unidos desde a campanha de 2018. 

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias
Enable referrer and click cookie to search for pro webber