Acusado de assaltar e obrigar vítima a fazer pix de R$ 8 mil em Jangada foi preso em VG

O assaltante confessou o crime e contou onde havia deixado os outros suspeitos em um posto de combustível
Compartilhe informação
Divulgação

Gislaine Morais / VG Notícias

Um homem identificado pelas iniciais O.L.X., 29 anos, foi preso na noite dessa sexta-feira (18.03), no bairro São Matheus, em Várzea Grande. Ele é acusado do participar de um roubo seguido de sequestro, no município de Jangada (a 84 km de Cuiabá).

Conforme boletim de ocorrência, as vítimas estavam em um veículo HB20, quando foram surpreendidos por um casal armado. Eles foram obrigados a saírem do carro para entrarem em um automóvel Fiat Mobi.

As vítimas foram ameaçadas e tiveram que realizar um pix no valor de R$ 8 mil na conta dos criminosos, que ainda roubaram três aparelhos celulares. As vítimas foram abandonadas na BR-163, próximo do Trevo do Lagarto, sem celular e sem a chave do automóvel.

Em ronda para localizar os suspeitos, os policiais da Força 90 avistaram o veículo. Durante a abordagem somente um homem estava no carro. Durante a revista no veículo, os policiais encontraram uma arma de fogo e um celular, que o suspeito não sabia informar de quem era. Um chapéu de palha utilizado pelos suspeitos conforme contou as vítimas, também foi encontrado.

VEJA MAIS:

Rio sobe e grupo fica ilhado em pesqueiro; bombeiro fez resgate

Pai de aluna é acusado de ameaçar criança em escola particular

Homens são flagrados fazendo sexo dentro de Parque Zé Bolo Flô

O suspeito acabou confessando que participou do assalto. Ele contou aos militares que havia deixado os outros suspeitos no pátio do Posto Free, no bairro São Matheus. Somente um aparelho celular das vítimas foi recuperado.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Central de Flagrantes. Os outros suspeitos não foram localizados.

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também