Amoêdo perde apoio dentro do Novo e pode não disputar eleições de 2022

Compartilhe Nossas Notícias

Após embarcar em uma enérgica oposição ao presidente Bolsonaro, Amêdo perdeu o apoio de lideranças importantes

(Foto: Divulgação)

Depois de embarcar em uma dura oposição contra o presidente Jair Bolsonaro, João Amoêdo, fundador do Novo, estaria sofrendo resistência dentro do próprio partido. O banqueiro teria perdido apoio de importantes lideranças.

Desde o começo do ano, João Amoêdo tentou levar o partido para a oposição ao presidente Jair Bolsonaro, entretanto, não teve tanto sucesso na empreitada, tendo ficado ilhado dentro do partido.

Embora o partido tenha se declarado como oposição, os parlamentares eleitos e que formam a bancada do partido no Congresso continuam com o mesmo posicionamento, tendo votado pautas a favor do governo Bolsonaro na maioria das vezes.

Nos bastidores, um parlamentar que não quis se identificar afirmou que uma parcela expressiva do Novo não apoia uma eventual candidatura de Amoêdo à presidência da República.

Ainda de acordo com informações, o grupo defende que o partido lance outros nomes como o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, ou o ex-técnico de vôlei Bernardinho.

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias