Após nomear esposa de Barranco, Emanuel cita apoio petista e deputado ressalta questão técnica

Compartilhe Nossas Notícias

Além de uma questão técnica, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirma que a nomeação de Roseli Barranco, mulher do deputado estadual Valdir Barranco (PT), como coordenadora de Saúde Bucal de Cuiabá, também tem uma articulação política. Lembra que o parlamentar foi um dos petistas que o apoiaram no segundo turno na eleição do ano passado e que “quem ajuda a ganhar, ajuda a governar”.

“Sob a articulação do deputado federal Emanuelzinho (PTB), o deputado Barranco e a deputada federal Rosa Neide vieram de corpo e alma para nossa campanha. Participaram de forma muito importante para nossa vitória. Aliado a isso, estou fazendo mudanças nos quadros da saúde, e precisava de perfil técnico para a odontologia. E conversei com a esposa do deputado e ela tem um perfil técnico muito bom. Quem ajuda a ganhar, ajuda a governar; e se tem perfil técnico, melhor ainda. Uma coisa está casada na outra”, declarou, em conversa com a imprensa nesta quinta-feira (5).

Já o deputado, que é presidente regional do PT, desconversa sobre questões políticas na nomeação. Explica que a esposa já tentava ocupar o cargo no ano passado, quando o secretário municipal de Saúde era Luiz Antônio Possas de Carvalho, e que só foi nomeada por estar capacitada para a função.

Sobre eventual aproximação do partido com a base de Emanuel, Barranco diz que não participa do diretório municipal. “A decisão de apoiar Emanuel no segundo turno foi pelo fato de o PT de Cuiabá ter avaliado que era muito pior a vitória do Abílio Júnior (Podemos). Não tem aproximação do PT com a administração. Sou deputado estadual e pertenço a uma corrente que é minoria no diretório municipal de Cuiabá. A vereadora Edna (Sampaio) e o diretório municipal se posicionaram pela oposição”.

OLHAR DIRETO


Compartilhe Nossas Notícias
Enable referrer and click cookie to search for pro webber