Autor de tentativa de latrocínio cometida contra idoso é preso em sítio na divisa de Acorizal e Rosário Oeste

Compartilhe Nossas Notícias

A tentativa de latrocínio cometida contra um idoso, no final do mês de janeiro em Cuiabá, foi esclarecida pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (18.02), com a identificação e cumprimento de mandado de prisão do principal suspeito do crime, em investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) da capital.

O crime ocorreu na noite de 24 de janeiro, no bairro Novo Paraíso, quando a vítima de 72 anos foi violentamente agredida dentro de sua residência e encontrada desacordada por familiares. Segundo informações, a vítima estava sozinha em casa quando foi abordada pelo suspeito, sendo levado do local um sacolão e cerca de R$ 800, que teriam sobrado da aposentadoria do idoso.

O idoso foi socorrido pela equipe do Samu, dando entrada no Pronto Socorro de Cuiabá inconsciente e permanecendo nesta situação até esta data na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Assim que foram acionados, investigadores da Derf Cuiabá iniciaram as diligências conseguindo rapidamente identificar o autor do crime. Com base nos indícios de autoria, o delegado, André Luís Prado Monteiro, representou pelo mandado de prisão temporária do suspeito que foi deferida pela 4ª Vara Criminal de Cuiabá.

Com a ordem de prisão decretada pela Justiça, os policiais da Derf realizaram várias diligências para localizar o suspeito, que foi encontrado na manhã desta quinta-feira (18), em um sítio na zona rural na divisa entre os municípios de Acorizal e Rosário Oeste.

Segundo o delegado, o investigado de 37 anos possui passagens anteriores por furto e roubo. “Após os fatos, o suspeito foragiu de Cuiabá e apesar de ser monitorado por tornozeleira eletrônica, desligou o equipamento para não ser localizado”, disse.

Na delegacia, o preso confirmou as agressões, mas negou a subtração dos valores e mercadoria.

“Devido às gravidades das lesões provocadas na vítima e o risco de morte que ainda existe, levando em consideração que o objetivo do suspeito era ter acesso ao patrimônio do idoso, ele será indiciado por tentativa de latrocínio, com circunstância agravante por ter a vítima mais de 60 anos”, explicou André Monteiro.

Polícia Civil-MT


Compartilhe Nossas Notícias