Bandido cuiabano vende carro “fantasma” em SP e jovem perde quase R$ 10 mil

Compartilhe Nossas Notícias

FELIPE LEONEL

DA REDAÇÃO

Um carro abaixo do preço de mercado e um bandido bom de papo. Isso fez uma moradora de São Paulo perder R$ 9,5 mil para um golpista, morador de Cuiabá. Tudo começou quando L. viu o anúncio de um Ford Fiesta no Marketplace do Facebook e entrou em contato com o suposto vendedor.

A vítima identificou o golpista como Vitor Rondon, mas este se passou por  Eduardo e disse que o carro era dele e estava em nome de Adriano Lino – que seria um primo.

O golpista alegou que precisava de dinheiro, pois o pai estava internado e precisava manter o tratamento em um hospital de Campinas (SP).

Já para o verdadeiro dono do carro, ele disse  que tinha comprado um terreno de L. e que entregaria o veículo como pagamento. Ele pagaria o valor correto do carro, R$ 18 mil, que foi anunciado pelo verdadeiro dono na OLX.

O bandido também convenceu o dono do carro a mentir, dizendo que era seu primo.

Vitor, então, marcou um encontro do vendedor com a vítima em um cartório de Diadema.

Chegando lá, a vítima “confirmou” que Adriano era primo de Vitor e realizou a transferência. Os depósitos foram realizados em nomes de Vitor Rondon, no valor de R$ 6,4 mil, e para Jonathan Miranda, R$ 3,1 mil.

Quando foram oficializar a venda, entretanto, o dono verificou a conta dele e viu que Vitor não havia depositado o dinheiro, momento em que descobriram que L. havia caído no golpe.

O criminoso, depois de aplicar o golpe, ainda enviou um áudio  “(Sic) Deixa eu falar, vocês acabou de cair no golpe. Do mesmo jeito que você mentiu falando que estava pegando em uma dívida, ele também mentiu falando que era meu primo, tá bom? Na verdade, vocês acabaram de cair no golpe”.

O caso foi registrado na Polícia Civil de Diadema. O encaminhou o caso de L. para a polícia de MT, que já investiga o caso.

OUÇA O ÁUDIO:

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias