Bebê iraquiano é o primeiro do mundo a nascer com três pênis

Compartilhe Nossas Notícias

DO UOL

Uma cirurgia para remover dois pênis extras: um de 2 cm na raiz do membro principal, o outro de 1 cm próximo ao escroto, foi feita em um menino de Duhok, no Iraque. De acordo com artigo publicado no International Journal of Surgery Case Reports, este é o primeiro caso do tipo de que se tem registro no mundo.
Como apenas um pênis era funcional, os outros dois foram removidos com facilidade. O menino, que não foi identificado, tinha três meses quando a história foi publicada pela primeira vez, no ano passado.
Os médicos responsáveis pelo caso disseram que apenas um em cada seis milhões de meninos nasce com mais de um pênis no corpo. Há cerca de 100 casos de diphallia, dois pênis, registrados em todo o mundo, enquanto este é o primeiro de triphallia.
Em visita de acompanhamento um ano após a operação, nenhum problema foi encontrado no menino, de acordo com o médico Shakir Saleem Jabali, autor do relatório.
Ele e outros cientistas se mostram intrigados com as possíveis causas dos pênis supranumerários, cujo primeiro caso foi registrado em 1600. “Até onde sabemos, este é o primeiro caso relatado com três pênis ou triphallia”, endossou Shakir.
A condição está associada a outras anormalidades, incluindo nascer com dois escrotos ou ânus. Há relatos de meninos que conseguem urinar e ejacular pelos dois pênis. No caso do bebê iraquiano, os pênis extras do menino não eram funcionais e, portanto, a cirurgia foi menos complicado.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias