Bolsonaro zera imposto do diesel e ameaça presidente da Petrobras

Compartilhe Nossas Notícias

METRÓPOLES

Após novo reajuste da Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quinta-feira (18/2) que a partir de 1º de março não haverá qualquer imposto federal incidindo sobre o preço do óleo diesel. Bolsonaro considerou o reajuste anunciado nesta quinta-feira (18/2) pela Petrobras como “fora da curva” e “excessivo”. Ele reforçou que não pode interferir na estatal, mas ressaltou que “vai ter consequência”.

Os impostos federais que incidem sobre o diesel são PIS, Cofins e Cide. Nesta quinta, a Petrobras anunciou o quarto reajuste do ano. O óleo diesel vai ficar 15,2% mais caro a partir desta sexta-feira (19/2) e a gasolina, 10,2%.

“A partir de primeiro de março também não haverá qualquer imposto federal no diesel por dois meses”, informou Bolsonaro em sua live semanal nesta quinta. Durante os dois meses de isenção de impostos federais, Bolsonaro afirmou que o governo estudará medidas para buscar zerar os tributos federais sobre o diesel. “Até para ajudar a contrabalançar esse aumento, no meu entender, excessivo da Petrobras”, disse.

 

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias
Enable referrer and click cookie to search for pro webber