Criminosos se passam por promotores de Justiça e pedem dinheiro a prefeitos

Compartilhe Nossas Notícias

DA REDAÇÃO

Criminosos têm se passado por promotores e procuradores de Justiça em Mato Grosso para aplicar golpes em prefeitos e vereadores de Mato Grosso. O alerta foi realizado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT). Segundo comunicado do órgão, bandidos têm entrado em contato com várias Prefeituras e Câmaras Municipais para solicitar “vantagens”.

Há relatos de golpes tanto pelo WhatsApp como por meio do e-mail, que trazem links maliciosos. Ocorrências já foram registradas em Nobres, Jaciara, Querência e Mirassol D´Oeste. O MP recomenda que se algum gestor receber mensagens suspeitas, que verifique o número de telefone no site do órgão ministerial.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional de Segurança da Informação (CAOP/CSI) do MPMT, promotor de Justiça Rubens Alves de Paula, enfatiza que a atuação dos membros é subsidiada pelo próprio Ministério Público e que em hipótese alguma, promotor ou procurador de Justiça solicitaria qualquer valor a quem quer que seja.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias