Cuiabá pode sofrer W.O. em estreia internacional por capital do Mato Grosso não ter aeroporto internacional

Melgar, do Peru, fretou avião e pediu autorização para descer na capital do Mato Grosso. Não houve. Conmebol informa que é preciso ter aeroporto a 150 quilômetros do estádio ou mudar de sede
Compartilhe informação
Reprodução

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ameaça o Cuiabá de W.O. por não ter um aeroporto disponível a 150 quilômetros da Arena Pantanal. O Melgar, seu adversário na estreia da Copa Sul-Americana, pediu autorização para desembarcar nesta quarta-feira, pensando no jogo de quinta. Recebeu o aviso de que apenas aviões de origem nacional podem desembarcar na capital do Mato Grosso.

O detalhe é que este será o primeiro jogo internacional de um clube mato-grossense e pode haver derrota por descumprir o regulamento. Também é curiosa a lembrança de que Cuiabá foi sede de quatro partidas da Copa do Mundo de 2014. Como assim, hoje não há autorização para voos internacionais?

Há um parêntese, uma observação contra a cobrança da Conmebol. O fato de as viagens a Oruro, na Bolívia, obrigarem a descer em La Paz e subir a serra por 226 quilômetros. Mas o regulamento atual da Conmebol permite às equipes visitantes que desçam a, no máximo, 150 quilômetros do estádio indicado para as partidas de Libertadores e Copa Sul-Americana. É esta a cobrança da Conmebol.

Ou o dono da casa indica um aeroporto mais próximo ou muda de sede.

Cuiabá treina na Arena Pantanal visando jogo contra o Melgar pela Sul-Americana

No Cuiabá, é preciso conseguir licença para aterrissar um avião proveniente de Lima, no Peru. Mesmo que seja uma autorização provisória, para esta situação específica. Na melhor hipótese, fazer com que o Mato Grosso passe a ter um aeroporto internacional.

A licença precisa ser obtida até 13 horas desta quarta-feira, para que o Melgar viaje em tempo de jogar na quinta-feira (7).

A outra alternativa seria transferir o jogo para Brasília, o que seria uma derrota para o futebol mato-grossense que, pela primeira vez, tem um clube em competição internacional.

Por PVCGE

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também