Cuiabá: visitantes de pacientes internados terão que comprovar vacina contra a covid

AconteceMT

Diferente de outros estabelecimentos, unidades de saúde não devem aceitar teste negativo para covid como “passaporte sanitário”

AconteceMT
(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

A partir desta quinta-feira (2), acompanhantes e visitantes de pessoas internadas em  Cuiabá só poderão entrar nos hospitais ou unidades de saúde se comprovarem ter tomado as duas doses da vacina contra a covid-19.

A medida passou a ser válida com a publicação do Decreto 8.832, que instituiu o chamado “passaporte sanitário” na Capital.

Além de hospitais, a comprovação também será exigida em estádios, ginásios esportivos, cinema, teatro, museu, salão de jogos, casa de shows e de apresentação artística em geral. Nestes casos, todavia, ainda será possível entrar apresentando somente um teste negativo para a doença.

AconteceMT

No caso dos hospitais, somente a carteirinha de vacinação será aceita. As exigências valem mesmo para adolescentes com mais de 12 anos, público para o qual a vacina contra a covid-19 já está liberada.

De acordo com a Prefeitura de Cuiabá, o objetivo com a cobrança – além do controle da pandemia – é “incentivar” as pessoas que já podem, mas ainda não foram, a tomarem a segunda dose da vacina.

“Eu quero que as 57 mil pessoas que não tomaram a segunda dose, vão tomar a segunda dose. Eu quero que as 20 mil que não tomaram nenhuma dose, vão tomar as duas doses e quero universalizar a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

(Com Assessoria)

AconteceMT

O Livre

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real Clique na imagem do WhatsApp

Veja Também