Cunha autografará seu livro “Tchau, Querida” para os primeiros compradores

Compartilhe Nossas Notícias

IG

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha lança nos próximos meses o livro “Tchau, Querida”, em que promete revelações bombásticas sobre o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

De acordo com informações da colunista Mônica Bérgamo, os 200 primeiros leitores que comprarem o exemplar receberão uma cópia da obra autografada pelo próprio autor.

A publicação está em pré-venda no site da editora Matrix por R$ 99.   Cunha, que hoje está em prisão domiciliar, promete “detalhes inéditos e minuciosos” sobre a batalha de Temer para derrubar Dilma.

No livro, ele também mira em dois personagens em destaque no atual cenário político: o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e Baleia Rossi (PMDB-SP), que disputa o cargo com apoio do próprio Maia.

Segundo a Coluna Radar, da revista Veja, “Cunha conta em detalhes como o vice de Dilma atuou ativamente para tomar o lugar da petista e “é pintado como o grande conspirador” responsável pelo golpe parlamentar.  

No livro, Cunha afirma que Maia era “personagem desesperado pelos holofotes do impeachment de Dilma” e pleiteava assumir a relatoria da Comissão Especial do Impeachment.

Cunha, porém, acabou vetando o nome do democrata por achar que ele não teria forças para levar o processo adiante.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias