Deputada cita pai e diz que será a última vez que concorre à AL

Janaina Riva quer terminar eleição entre os 5 mais votados e se cacifar politicamente para 2026
Compartilhe informação
A deputada estadual Janaina Riva, que não quer resumir carreira política a mandatos na AL

“TRAUMA DE CARREIRISTA”

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que no pleito deste ano fará sua última candidatura à Assembleia Legislativa, na tentativa de não se tornar uma “parlamentar carreirista” e poder alçar voos mais altos na política.

Filha do ex-presidente do Legislativo estadual José Riva, ela citou a trajetória de duas décadas do pai na Casa e afirmou que isso criou um “trauma” na sua vida.

“Eu tenho um pouco de trauma dessa coisa de deputado carreirista, porque meu pai viveu isso e eu tenho medo de estagnar, ficar lá dentro e não conseguir crescer, não conseguir sair de lá. Então eu quero encerrar esses 12 anos e depois sair”, disse em entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

Deputada mais votada nas eleições estaduais de 2018, com mais de 51 mil votos, Janaina disse que tem como meta terminar a disputa deste ano entre os cinco mais votados e, nas eleições subsequentes, “crescer politicamente”.

Eu tenho um pouco de trauma dessa coisa de deputado carreirista, porque meu pai viveu isso e eu tenho medo de estagnar, ficar lá dentro e não conseguir crescer

“Vou trabalhar muito para isso porque entendo que é importante para o meu crescimento político e para o que eu quero fazer depois. Pretendo e desejo que essa seja a minha última eleição a deputada estadual na Assembleia, e depois quero crescer politicamente”, afirmou.

“E eu vejo que o futuro passa por essas eleições: quem vai ser o governador, o senador, o presidente, os

deputados”, avaliou.

Janaina não esconde que tem o desejo de se candidatar ao Governo do Estado, o que já é apontado nos bastidores como o projeto eleitoral para 2026.

Segundo a parlamentar, o desafio será manter a votação expressiva no pleito, uma vez que não mais será “novidade” entre os candidatos, caminhando para o seu terceiro mandato. No entanto, disse que sua estratégia política é baseada em se manter em evidência no Parlamento, principalmente em temas polêmicos.

“Tento constantemente focar nas pautas que as pessoas mais prestam atenção, mais querem falar sobre, e imprimir ali a minha identidade, a minha personalidade. Mesmo que a maré às vezes esteja para um lado, eu tento remar para o outro”, disse.

“Mas é para mostrar que tenho a minha opinião, minhas vontades, desejos e anseios com relação às pautas que estão ali na Casa”, completou.

Projeto do MDB

O desenho da eleição deste ano para o Legislativo estadual mostra um cenário acirrado. Segundo Janaina, apesar de alguns líderes do partido afirmarem que a meta do MDB é conquistar cinco cadeiras na Assembleia, ela trabalha com a projeção de quatro vagas.

A visão mais “modesta” também se aplica à Câmara Federal.

“Alguns falam em cinco, mas eu acho que quatro já é um desafio. Alguns falam em três na chapa federal, mas o nosso desafio é fazer e manter as duas vagas que temos no partido. Para fazer dois [na Câmara Federal], o partido tem que fazer 360 mil votos e é muito voto”, disse.

LISLAINE DOS ANJOS
MIDIA NEWS

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também