Destaque Agora

DIAMANTINO – Aos 44 anos, fotógrafa morre de Covid-19

A fotógrafa e biomédica Cleide Manrique, de 44 anos, morreu na madrugada desta sexta (23), em Cuiabá, por complicações da Covid-19. Ela estava internada desde 30 de março e no dia 6 de abril precisou ser intubada. A morte foi confirmada por familiares através das redes sociais.

Nesta quinta (21) o esposo Maycon Lamim estava esperançoso e fez post nas redes sociais. “Meu amor, você irá vencer mais essa batalha, eu tenho fé. Jesus eu confio em vós. Tenha misericórdia de nós, Maria passa na frente, São Miguel Arcanjo, manda seus exércitos de Anjos protegerem a nossa Cleide Manrique”, postou.

Já a prima Kássia Karoline da Rosa também usou as redes sociais, mas escreveu para comentar a perda. “Vai brilhar no céu minha prima gata. Deus tem um plano para cada um de nós e o dele nesse momento foi recolher essa estrela para brilhar no céu, que Deus conforte todos nós”.

Ela será sepultada em Diamantino, ainda nesta sexta (23).

RD NEWS – Mirella Duarte

Deixe um comentário