“Disciplina” do Comando Vermelho executou amigo durante discussão; polícia faz buscas

Compartilhe Nossas Notícias

MÁRIO ANDREAZZA

DA REDAÇÃO

O assassino de Tiago Luis Bernardinelli, 36 anos, executado a tiros por ‘um amigo’ dentro de casa no bairro São José, em Sorriso (420 km da Capital), foi identificado como “Andy”, “Disciplina” do Comando Vermelho e responsável pelo tráfico de drogas na região.

Andy teria chegado à casa da vítima na noite desse sábado (13), quando teria ‘puxado’ Tiago para o quarto, onde os dois discutiram e o “disciplina” executado o ‘amigo’ a tiros.

O irmão da ‘vítima’ tentou intervir, mas acabou baleado no braço.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegou ao local Tiago já estava sem vida. O irmão dele foi socorrido e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas seu atual estado de saúde não foi informado.

A Polícia Militar conversou com familiares da vítima, que testemunharam o assassinato. Eles disseram apenas que os dois iniciaram uma discussão que terminou em morte, mas não detalharam o que motivou a briga.

O criminoso fugiu a pé do local. Os militares realizaram buscas pela cidade, mas até a publicação desta reportagem Andy não havia sido localizado.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local analisando detalhes do homicídio e as condições em que o corpo foi encontrado.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

Um laudo com a causa clínica da morte deve ficar pronto nos próximos dias e ajudar a Polícia Civil nas investigações.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias