Dono da Havan detona fala de desembargadora que decretou lockdown: “Colocação mesquinha”

Compartilhe Nossas Notícias

DA REDAÇÃO

O empresário e dono das lojas Havan, Luciano Hang, criticou a declaração da desembargadora e presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Maria Helena Póvoas. Em entrevista sobre a decisão de obrigar todos os municípios a seguirem o decreto do governador Mauro Mendes (DEM), Póvoas disse que “morto não faz compra e nem janta em restaurante”.

Hang  disse que a desembargadora deveria se desculpar publicamente com o povo de Mato Grosso pela “colocação tão mesquinha”.

Como essa desembargadora tem a coragem de falar isso sem pensar naqueles que estão sem salário, desempregados, com contas para pagar, família para sustentar e com a geladeira vazia? Uma declaração infeliz, para justificar mais um lockdown em Mato Grosso? É uma fala tão desumana que me revolta”, disse Hang em seu perfil no Instagram.

VEJA O POST NA ÍNTEGRA: 

 



Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias