“É uma figura que me causa pena”, diz Gilmar Mendes sobre Moro

Compartilhe Nossas Notícias

Em menos de 24 horas, ministro do Supremo Tribunal Federal criticou publicamente o ex-juiz em duas falas públicas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre

Em entrevista à Rádio Gaúcha, nesta quarta-feira (10), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, voltou a fazer críticas públicas ao ex-juiz Sérgio Moro. Mendes questiona, principalmente, a condução da Operação Lava Jato.

Dessa vez, o ministro afirmou sentir pena do ex-juiz e que ainda não sabe qual a resposta que as instituições darão para os supostos equívocos de Sérgio Moro no processo. Para Mendes, o ex-juiz teria sido parcial em suas sentenças.

“Ele é uma figura que me causa pena. Eu não sei qual desfecho as instituições darão a esse imbróglio. É muito fácil fingir que não houve nada. Como os tribunais vão explicar que tenha acontecido isso nas barbas deles? Nós todos erramos“, disse o ministro.

Para Gilmar, caso haja comprovação de parcialidade em algum processo julgado por Sérgio Moro, poderá ocorrer anulação da pena, entre elas as que tornaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva inelegível.

Também na quarta-feira, durante o julgamento do caso das mensagens vazadas de celulares de integrantes da Operação Lava Jato, Gilmar Mendes criticou publicamente Sérgio Moro. Na ocasião, o ministro afirmou que, nem mesmo sistemas totalitários foram tão parciais como a Lava Jato.

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias