Política

Emanuel diz que não discute disputa ao Governo de MT em 2022

Emanuel Pinheiro diz ser “antiético” discutir candidatura ao Paiaguás neste momento

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) declarou na quinta-feira (22) que não avalia neste momento a possibilidade de disputar o governo do Estado nas eleições de 2022.

O medebista classificou de “antiético” discutir projetos políticos em meio à crise sanitária decorrente da pandemia do coronavírus, que exige esforços administrativos para garantir a vacinação da população.

“Devemos gastar toda nossa energia com a vacina e no intuito de salvar vidas, então não existe nenhuma discussão sobre campanha eleitoral no meu partido”, disse.

O cerne da questão é que a cúpula do MDB oferece resistências internas ao projeto majoritário de Emanuel Pinheiro para 2022.

Concluir o mandato no Palácio Alencastro

A ala do partido mais aliada do governador Mauro Mendes (DEM), como a deputada estadual Janaína Riva, rejeita publicamente o projeto.

Há também quem avalie que Emanuel Pinheiro não tenha outra saída que não seja concluir o mandato no Palácio Alencastro.

Assim, as declarações de concorrer ao governo do Estado seriam parte de uma estratégia para valorizar seu “passe político” enquanto administrador do município que é o maior colégio eleitoral de Mato Grosso.

O Livre

Deixe um comentário