Política

Emanuel vê capacidade de investimentos reduzida e pede apoio da AL

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) declarou que tem feito altos investimentos financeiros para expandir pontos de vacinação contra o coronavírus e que isso estaria levando ao exaurimento da capacidade financeira do município.

Isso porque, além destas despesas extras, o município ainda tem que arcar com despesas do PSF (Programa Saúde da Família) e de estruturas de urgência e emergência, como o Pronto Socorro Municipal.

A declaração foi dada durante a abertura do ponto de vacinação contra a covid-19 no estacionamento da Assembleia Legislativa.

Para cumprir a meta de expansão de novos pontos de vacinação, o prefeito Emanuel Pinheiro pediu apoio financeiro à Assembleia Legislativa.

“Estamos ficando sem dinheiro, e precisamos de apoio para ofertar a população novos pontos de vacinação que é um desejo administrativo do município e uma das determinações do Judiciário”, declarou.

Embora tenha sido prestigiada pelos deputados estaduais, representante da Câmara Municipal de Cuiabá e pelo deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho (MDB), não houve o comparecimento de nenhum representante do governo do Estado.

Também não compareceu em apoio ao prefeito a bancada estadual do MDB na Assembleia Legislativa composta pelos deputados Janaina Riva, Thiago Silva e Dr. João.

Devolução de duodécimo

Diante do apelo do prefeito Emanuel Pinheiro, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi, avaliou que uma das alternativas para contribuir com os municípios na medida de combate à covid-19 é devolver dinheiro via duodécimo ao governo do Estado.

“O que estamos economizando já devolvemos ao Estado para ajudar nas políticas públicas. Atualmente, a Assembleia Legislativa tem um orçamento de R$ 600 milhões e estamos cortando na carne neste momento difícil para auxiliar. Se o governo do Estado necessitar comprar mais vacinas e também auxiliar os municípios com pontos de expansão da vacinação, nós estamos disponíveis”, afirmou.

O post Emanuel vê capacidade de investimentos reduzida e pede apoio da AL apareceu primeiro em O Livre.

O Livre

Deixe um comentário