Empresária pode ter sido sequestrada e assassinada por causa de máquina de sorvete

Compartilhe Nossas Notícias

FELIPE LEONEL

MÁRIO ANDREAZZA

O corpo da empresária Rosemeire Soares Perin, 52 anos, encontrado na tarde desta quinta-feira (18) na Passagem da Conceição, em Várzea Grande, tinha ferimento no pescoço, que pode ter sido causado por faca ou arma de fogo. 

Rosemeire estava desaparecida desde a manhã da última terça-feira (16), após sair de casa, no bairro Doutor Fábio 2, para trabalhar.

O cadáver foi encontrado por uma equipe da Rotam.

Já o carro que dirigia, um HB20, foi encontrado próximo de um lava-jato na Vila Artur. No local, vários homens foram abordados e um deles estava com a carteira de habilitação da vítima. O homem foi detido e é suspeito de tentar aplicar um golpe em Rosimeire ao comprar uma máquina de sorvete.  A Rotam busca por mais envolvidos na morte da empresária.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime.

Leia mais: Empresária sai para trabalhar e desaparece em Várzea Grande

                                                                                                                 

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias