Flanelinha mostra órgão genital a mulher que recusou lavagem de para-brisas

Compartilhe Nossas Notícias

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 27 anos procurou a polícia nessa quarta-feira (10) para denunciar um flanelinha que trabalha no semáforo da Avenida Tenente Coronel Duarte, no Centro Sul de Cuiabá. A denúncia foi de importunação sexual.

Segundo relato da vítima, o rapaz tentou jogar água com sabão no para-brisas de seu carro, mas ela recusou o serviço.

Irritado, ele mostrou o dedo do meio para a mulher e, em seguida, abaixou o short e mostrou o órgão genital.

Incomodada com a ação, a mulher procurou uma delegacia e denunciou o flanelinha por importunação sexual – praticar contra alguém, e sem a sua anuência, ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro.

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias