Garcia: “Há espaço para todos, não há por que brigar entre nós”

Deputado que pode deixar sigla reclamou de invasão de colegas em seu reduto eleitoral
Compartilhe informação
O presidente do União Brasil em Mato Grosso, Fábio Garcia
MidiaNews – O presidente do União Brasil em Mato Grosso, Fábio Garcia

DISPUTA NO UNIÃO BRASIL

O presidente do União Brasil em Mato Grosso, Fábio Garcia, cobrou respeito aos membros da sigla pelo reduto eleitoral de cada um. Segundo ele, é preciso que todos trabalhem para somar votos e não briguem entre si.

A afirmação foi feita ao ser questionado sobre a intenção do líder do Governo, deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, de deixar o partido. Ele estaria insatisfeito com secretários ligados à legenda que estariam “invadindo a área dele”.

LEIA MAIS:

Juíza manda soltar vereador de MT suspeito de agredir esposa

Prefeito Alex Berto se reuniu com Vereadores e Educadores para buscar soluções na Educação do Município

ROSÁRIO OESTE: Prefeito Alex Berto anuncia Asfalto e Calçamento no Bairro da Torre no Município

“Tem muito espaço para todo mundo, temos que ter a compreensão de que precisamos preservar o espaço de cada um dentro do partido”, disse.

Dilmar, que é pré-candidato à reeleição, deve anunciar nesta terça-feira (29) se fica ou sai do União Brasil. Garcia ressaltou a importância da liderança para a sigla e afirmou que deve tentar, até o último minuto, convencer Dal’Bosco a permanecer com o grupo.

`Tem muito espaço para todo mundo, então temos que ter essa compreensão de que precisamos preservar o espaço de cada um dentro do partido

“Vou atrás do Dilmar para conversarmos. Ele foi e é um grande companheiro e ajudou o Governo a fazer as transformações que estão aí. Portanto, precisa ter esse reconhecimento”, afirmou.

“É tudo uma questão de diálogo. Precisamos dialogar bastante para resolver essas questões”, ponderou.

Para Garcia, dentro do partido é preciso que cada um consiga ter o seu espaço. Ele destacou a necessidade de conseguir somar votos à legenda, a fim de garantir a ampliação da bancada estadual e federal.

“Quando a gente fala de eleição, de números, todos os votos que vierem para o União Brasil são de todos os candidatos que estão lá. Para eleger deputados estaduais, o importante é você ter um número grande de votos no partido, dentro do partido”, disse.

“É a partir daí que você define quantos deputados cada partido vai eleger. É a famosa legenda, a soma de votos de todos. Então, aqui no União, precisamos somar votos para o partido e não brigar entre nós”, completou.

Futuro na legenda

Dal’Bosco tem sido cortejado pelo MDB, do deputado federal Carlos Bezerra, e ainda mantém diálogo com o PP do deputado federal Neri Geller e o PSDB do deputado estadual Carlos Avallone.

Ele negou, porém, que a mudança de legenda poderia resultar em sua desistência do cargo de líder do Governo na Assembleia, Segundo ele, que tal definição cabe ao governador Mauro Mendes (União Brasil).

Ele ainda ressaltou que o apoio à reeleição do chefe do Executivo permanece independe do seu futuro político.

“Eu sou Mauro Mendes. Eu defendo a candidatura à reeleição do governador Mauro Mendes independente do partido que eu estiver”, disse.

LISLAINE DOS ANJOS
MIDIA NEWS

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também