Haitiano bate moto contra eixo de carreta e morre; garupa fica gravemente ferido

Compartilhe Nossas Notícias

O acidente aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (5) no km 116 da BR-163, em Rondonópolis.
Varlei CordovaO haitiano morreu após ser atropelado por uma carreta.

MÁRIO ANDREAZZA
REPORTERMT

O haitiano Woodley de Cosse, 24 anos, morreu e um amigo de trabalho ficou gravemente ferido em um acidente de trânsito no início da tarde desta sexta-feira (5), no km 116 da BR-163, Parque Industrial Vetorasso, em Rondonópolis (212 km da Capital).

A batida aconteceu em frente à Cervejaria Crystal.

A vítima fatal trafegava de moto pela rodovia com um amigo na garupa, os dois deixavam o serviço em um frigorífico localizado na BR, quando o piloto passou por cima de um tachão refletivo (conhecido como tartaruga), perdeu o controle do veículo, invadiu a pista contrária e bateu contra o eixo traseiro de uma carreta.

Woodley foi atropelado e morreu na hora.

O garupa foi socorrido por uma equipe de resgate da Rota do Oeste, concessionária que administra esse trecho da rodovia, recebeu atendimento de primeiros socorros e foi encaminhado ao Hospital Regional do município, onde deu entrada com quadro clínico grave.

Chovia bastante na região no momento do acidente, o que pode ter prejudicado a visão do condutor durante o trajeto e contribuído para o acidente.

O motorista da carreta não parou para prestar socorro e até a publicação desta reportagem ainda não havia sido encontrado ou identificado. A suspeita é que ele não tenha visto a batida.

A Polícia Militar (PM) deu apoio à Rota do Oeste, isolou o local para que a equipe de socorro pudesse trabalhar e controlou o trânsito na região.

O acidente foi comunicado à Delegacia de Polícia Civil e à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

O caso segue em investigação.


Compartilhe Nossas Notícias