Homem desaparece após ser abordado pela PM e esposa faz apelo; veja vídeo

Compartilhe Nossas Notícias

A esposa do pedreiro Rubson Farias dos Santos, de 28 anos, está desesperada atrás de informações que levem ao seu paradeiro. Ele foi visto pela última vez sendo abordado pela Polícia Militar em Cáceres (a 220 quilômetros de Cuiabá), na sexta-feira (29).

Na noite desta terça-feira (2), moradores fizeram um protesto em frente ao 6º Comando Regional da Polícia Militar. Nervosa e chorando, Sidneia de Oliveira implora por informações do marido. Veja vídeo abaixo: 

Um dia antes do desaparecimento, a esposa e o marido teriam sido abordados pela Polícia Militar por causa de um carro que compraram há cerca de 15 dias. Ambos não sabiam, mas o veículo era roubado e teve que ser apreendido.

No dia seguinte, uma vizinha ligou e informou que Rubson estava sendo agredido por policiais da Força Tática em sua residência. No entanto, quando Sidneia chegou no local, não encontrou o marido.

A casa estaria toda revirada e ao procurar por Rubson na Delegacia de Polícia, descobriu que o marido não havia dado entrada na unidade.  A esposa também  procurou pelo marido em unidades de saúde, mas não o localizou. 

O comandante do 6º Comando Regional, coronel Cesar Augusto Camargo Roveri disse que ao tomar conhecimento da denúncia determinou a instauração de Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o caso. Além disso, informou ao comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis e a Corregedoria Geral.

Nesta terça-feira, mesma data do recebimento, o coronel respondeu a solicitação da Promotoria de Justiça de Cáceres sobre as medidas já adotadas na esfera correcional da PM, como a instauração do IPM, requisição de perícias, entre outras providências fundamentais ao esclarecimento da denúncia.

Roveri observou que o IPM está sendo presidido por um oficial superior sob o acompanhamento de equipe da Corregedoria.


Compartilhe Nossas Notícias