Homem descobre que foi enganado durante suposto enterro de filhos

Compartilhe Nossas Notícias

BHAZ

Uma mulher fingiu a gravidez e morte de gêmeos, mas foi desmascarada pela polícia. O marido descobriu a mentira nessa terça-feira (9), no enterro, depois de encontrar bonecas de plástico embrulhadas em fraldas em vez dos restos mortais de seus bebês. Os policiais e autoridades municipais estão tentando desvendar como o homem foi enganado.

O caso aconteceu em Stavropol, uma cidade localizada no sudoeste da Rússia. “No dia 3 de fevereiro, minha esposa deu à luz naturalmente, tudo estava bem, eu recebi a notícia de que nossos filhos estavam são e salvos, com um bom peso para gêmeos”, contou Daud Daudov, 33, em vídeo postado em rede social.

“Na noite de 9 de fevereiro, às 3h da manhã, eles os declararam mortos. Nós trouxemos eles para o cemitério, no vilarejo de nossa família, cavamos um buraco ao lado de nosso avô. Meu primo disse: ‘Eles ainda são pessoas, nós precisamos ver o rosto deles antes de enterrá-los’. Eu abri o o pano e vi que o primeiro recém-nascido não tinha olhos”.

“Eu comecei a abrir o pano envolto no rosto do segundo recém-nascido. A mesma coisa. Foi quando eu percebi que eram bonecas. Todo mundo estava chocado. Os dois eram apenas bonecas em fraudas descartáveis, como se fossem crianças de verdade. Depois disso nós chamamos a polícia”.

Polícia

Quando descobriu as bonecas, o russo pensou que seus filhos poderiam estar vivos e vítimas de uma venda de bebês ou de uma rede de adoção. Ele denunciou o caso para a polícia e a maternidade. O homem inicialmente acusou os médicos da maternidade de substituir seus “gêmeos recém-nascidos” por bonecos antes do funeral. As informações são do jornal britânico The Sun.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias
Enable referrer and click cookie to search for pro webber