Homem diz que é servidor do TJ de MT e recusa encerrar festa em VG

Compartilhe Nossas Notícias

DA REDAÇÃO

A Guarda Municipal e Vigilância Sanitária acabaram como uma “festinha” que estava gerando aglomeração no bairro Planalto Ipiranga, em Várzea Grande, na noite de sexta-feira (2). O dono da casa teria se identificado como “servidor do TJ” para os agentes e se recusou a encerrar a aglomeração. 

“Ninguém vai sair daqui”, diz o homem, identificado pelas iniciais V.V. “isso daqui é uma propriedade particular”, continuou reclamando.

Um vídeo registrado no momento da abordagem mostra a confusão no local. A pessoa que segura a câmera argumenta: “Olha aí o servidor do Tribunal de Justiça promovendo aglomeração, dando o exemplo”.

O fez um levantamento nos portais de transparência de órgãos públicos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e não localizou a nomeação do homem em nenhum deles. 

Veja o vídeo da abordagem

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias