Homem tenta matar chefe com cuspe contaminado por Covid-19

Compartilhe Nossas Notícias

METRÓPOLES

Uma tentativa de assassinato inusitada aconteceu na Turquia. O vendedor de carros Ramazan Cimen comprou saliva de uma pessoa contaminada com a Covid-19 e colocou em uma bebida que seu chefe iria tomar. O homem foi alertado por outro funcionário e não consumiu o líquido.

A relação entre Cimen e Ibrahim Unverdi, o chefe, estava complicada desde que o dono da concessionária pediu que o funcionário levasse uma grande quantia de dinheiro decorrente da venda de um veículo para o escritório da empresa.

Cimen desapareceu com o dinheiro e só voltou ao trabalho dias depois, admitindo que transferiu a quantia para a conta de um agiota para pagar uma dívida. Foi quando aconteceu a tentativa de assassinato.

Unverdi denunciou o caso à polícia e recebeu ameaças de morte do funcionário por mensagem. “Não pude te matar com o vírus. Vou atirar em sua cabeça da próxima vez”, escreveu Cimen, segundo o site de notícias Hurriyet.

“Eu preferia que ele me matasse em vez de tentar me infectar com o vírus. Meus pais têm doenças crônicas. Se ele me infectasse com Covid-19, eu poderia ter passado o vírus para a minha família e as pessoas ao meu redor. Pelo menos se ele atirasse na minha cabeça, eu seria o único a morrer. Não há necessidade de ser tão mau”, disse Unverdi.

O dono da concessionária está recebendo proteção policial, e as autoridades procuram Cimen, que segue foragido.

https://www.metropoles.com/saude/caso-de-policia-homem-tenta-matar-chefe-com-cuspe-contaminado-por-covid-19

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias