Igrejas fazem mutirões para atender aumento de confissões de cuiabanos

Compartilhe Nossas Notícias

MAJU SOUZA

DA REDAÇÃO

No período de quarenta dias que antecedem a Páscoa, conhecido como Quaresma, os católicos costumam procurar mais as Igrejas para as confissões. Essas, que por sua vez, mobilizam seus padres e disponibilizam diversos horários para que os fiéis se confessem.
A confisão é o momento em que os cristãos pedem perdão ao padre pelos seus pecados, aqueles que vão contra as leis dos dez mandamentos de Deus. 
O coordenador Pastoral da Arquidiocese de Cuiabá, padre Francisco Amaral, explicou ao que isso acontece por ser um tempo oportuno para conversão dos fieis, época em que eles fazem pequenos sacrifícios em preparação para a ressurreição de Jesus Cristo.
“A quaresma é um tempo forte oportuno para a nossa conversão, e por isso mais pessoas buscam a confissão neste período. Por outro lado, a quaresma também é um treinamento para vivermos melhor o resto do ano, e por isso, na vida cristã a busca da confissão, da Eucaristia e dos outros sacramentos precisa fazer parte do dia-a-dia”, disse.
O padre também destaca que os sacrifícios feitos nessa época devem ser acompanhados de atos de caridade, só assim serão válidos ao sobrenatural. A Quaresma é regida pelos pilares da penitência, oração e caridade.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias
Enable referrer and click cookie to search for pro webber