Jovem ateia fogo em viatura e alega que foi agredido por policiais militares em Lucas do Rio Verde

Veículo estava há cerca de dois meses no município, e foi totalmente consumido pelas chamas.
Compartilhe informação
Viatura é totalmente consumida pelas chamas — Foto: Divulgação

Um jovem de 22 anos foi preso neste domingo (24) suspeito de atear fogo em uma viatura da Polícia Civil em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. O fato ocorreu nesse sábado. Na delegacia, ele alegou que cometeu o crime, pois havia sido agredido por policiais militares anteriormente.

Conforme a Polícia Civil, por volta das 22h os plantonistas perceberam que a viatura estava sendo incendiada. Eles tentaram apagar o fogo, mas não obtiveram sucesso. Diante disso, o Corpo de Bombeiros foi acionado, e controlou as chamas.

O veículo deu perda total, segundo a corporação.

Após diligências, o suspeito do crime foi identificado como um jovem de 22 anos. Segundo a polícia, ele alegou na delegacia, após ser preso, que teria sido agredido por policiais militares, e isso o motivou a cometer o fato.https://41542928c950298f727bc974ba6198a6.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Devido às labaredas altas, outras viaturas e até a própria delegacia correram risco de serem atingidas.

A viatura estava no município de Lucas do Rio Verde há cerca de dois meses, conforme a polícia.

O caso será investigado.

G1 MT

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também