Ladrões de caminhão sequestram família com bebê e deixam vítimas amarradas na mata

Compartilhe Nossas Notícias

MÁRIO ANDREAZZA

DA REDAÇÃO

Uma família foi sequestrada, durante assalto em uma residência na noite dessa quarta-feira (17) na Avenida São Luiz, bairro Vitória-Régia, em Cáceres (225 km da Capital). Avós, filho e neto passaram a noite amarrados na mata.

Os bandidos reviraram a casa, roubaram diversos pertences e fugiram em dois veículos roubados das vítimas, sendo um caminhão e um Volkswagen Gol G4, levando com eles o dono da casa, 63 anos, o filho, 34, a mulher, 57, e o neto, 2.

De acordo com a ocorrência, uma filha do casal foi quem acionou a Polícia Militar (PM) após um primo a encontrar e avisar que passou pela casa dos ‘tios’ e encontrou o local todo aberto, revirado e sem ninguém.

A testemunha correu para a casa dos pais, confirmou os fatos e chamou a polícia por volta das 20h.

Os militares seguiram ao endereço, conversaram com a testemunha, comunicaram o fato à Delegacia de Polícia Civil e deram início ao patrulhamento pela região, buscando pelo paradeiro das vítimas.

Os policiais chegaram a receber informação que o caminhão roubado foi visto passando pelo município de Porto Esperidião (190 km de Cáceres) por volta das 22h, e estaria seguindo para a fronteira com a Bolívia.

Os militares se deslocaram à região e na manhã desta quinta-feira (18) conseguiram localizar o caminhão. O Gol continua desaparecido.

Na manhã desta quinta-feira (18), toda família foi encontrada amarrada, mas sem ferimentos na região do Taneri, um antigo cortume de couro de Cáceres.

O Grupo Especial de Fronteira (Gefron) conseguiu prender um dos assaltantes na região. O bandido teria confessado que levou o caminhão de Cáceres à cidade vizinha e deixou o veículo abandonado com a chave na ignição para que um comparsa terminasse a travessia para a Bolívia.

As diligências continuam para identificar e prender os outros assaltantes e recuperar o carro da família.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias