Lula pode ter brecha para anular sentenças de Moro e se livrar de ser preso

Compartilhe Nossas Notícias

DA REDAÇÃO

O STF pode validar nesta terça-feira (09) compartilhamento de dados da Operação Spoofing, da Polícia Federal,  com a defesa do ex-presidente Lula. A operação apreendeu mensagens trocadas pelo aplicativo Telegran, entre integrantes da Lava Jato.

O  então juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, segundo a defesa orquestraram ação para condenar Lula. Moro e Dallagnol negam e questionam a verecidade das conversas.

Fato é que, o STF compartilhando documentos, abre brecha para a anulação das sentenças de Moro e livrar Lula da prisão, já que é condenado em 2ª Instância e, com a prisão permitida nesse trâmite, que será votada no Congresso, Lula fica livre leve e solto para concorrer a presidente nas eleições de 2022. É a Constituição, mais uma vez, sendo rasgada. 

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias