Mulher aceita oferta de emprego e acaba sequestrada em emboscada

Compartilhe Nossas Notícias

IG

Uma jovem de 22 anos foi sequestrada pelo ex-marido de sua amiga na última quarta-feira (10), em Itatiba, interior de São Paulo. Nesta segunda-feira (15), o G1 divulgou mensagens trocadas entre a mulher e seu namorado, responsável por salvá-la do sequestro. “Vida eu tô com muito medo. Medo de morrer”, escreveu ela.
A vítima, que preferiu não se identificar, enviou uma série de mensagens por WhatsApp ao namorado, além de sua localização. Assim, ele conseguiu acionar a polícia, que realizou o resgate. O homem foi preso.
De acordo com o boletim de ocorrência (BO), o sequestrador havia se separado da esposa e comprou um chip de celular para mandar mensagem para a ex. Ele se passou por outra pessoa e ofereceu a ela um emprego em uma chácara. A ex-mulher, porém, não aceitou e repassou a suposta oportunidade de trabalho para a amiga, que aceitou.

O homem então a buscou em Campinas (SP), e a levou até o local do crime, em Itatiba. Lá, ele revelou que era ex-marido de sua amiga e a ameaçou para que ela atraísse a amiga até o local. Também de acordo com o BO, o objetivo do sequestrador era amarrar a ex-esposa em uma árvore por três dias e depois atear fogo em seu corpo.

Com medo, a mulher enviou uma série de mensagens para o seu namorado. “Amor, tô sequestrada. Vida, entrei numa furada. Simplesmente foi uma emboscada de um louco. Eu só vim trabalhar. Me enganaram, vida. Eu fui muito burra”, escreveu ela, como informa o G1.
O namorado pediu que ela se acalmasse e enviasse a localização em tempo real através do WhatsApp. “Foi tenso. Eu entrei em desespero porque eu pedia toda hora para ele me deixa ir embora. Ele dizia que só ia deixar quando eu ajudasse ele a atrair minha amiga. Durante o dia todo eu tentei manter a calma, mas eu caí na real”, afirma a vítima ao G1, ao lembrar que só contatou o namorado no final do dia. Após o envio da localização, a vítima foi salva e o sequestrador foi preso. A Justiça converteu a prisão em flagrante em preventiva.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias