Na ausência de Emanuel, secretário de Governo lê mensagem em primeira sessão da Câmara

Compartilhe Nossas Notícias

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), não compareceu nesta terça-feira à sessão solene para a abertura dos trabalhos da 20ª Legislatura da Câmara Municipal da Capital nesta terça-feira (2), mas enviou uma mensagem aos vereadores, que foi lida pelo secretário municipal de Governo, Luís Cláudio. No discurso, o chefe do executivo afirmou que encontra a cidade melhor do que em 2017, e lembrou do desafio de terestado à frente do município durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Não foram tempos fáceis os que enfrentamos na Prefeitura de Cuiabá, mas de muito aprendizado e conquistas. Quem fala aqui é um cidadão com a alma lavada e a consciência tranquila. Tranquila por saber que fez o melhor que pôde nesses primeiros quatro anos de mandato, com muitas dificuldades e encarando de frente uma pandemia jamais vista. Estamos fazendo história, a história que nossos netos irão estudar. E estaremos lá nos livros, mostrando que cuidamos bem da nossa população, com medidas às vezes duras, mas extremamente necessárias naquele momento”, leu Lúis Cláudio, em trecho de carta aberta do prefeito.

Emanuel Pinheiro voltou a afirmar em sua fala que irá honrar com as promessas feitas durante sua campanha de reeleição e defenderá os interesses dos mais humildes. Ele destacou a campanha política desgastante, mas vitoriosa para Cuiabá. “É uma responsabilidade enorme tornar-se o prefeito com o índice de aprovação mais elevado ao final de seu mandato. Bater a marca dos 86% de aprovação me deixa em estado de êxtase e me faz ter forças para trabalhar ainda mais para superar essa marca. A minha própria marca! Sabemos que, a partir de agora, cabe ao prefeito corrigir o que deve ser corrigido e avançar com maior determinação no que está dando certo, para consolidar as conquistas populares. O desafio é grande, porém maior é a nossa disposição em vencê-lo”, ressaltou.

Em parceria com a Casa de Leis, o prefeito relembrou que houve mudanças significativas em Cuiabá, que se encontra melhor do que em 2017, com projetos sólidos para modernizar e melhorar a Capital. “Temos convicção que o investimento público, aliado ao privado são capazes de dar grande impulso aos nossos projetos de crescimento e fortalecimento da economia da nossa capital. Já dei a missão para nossa equipe para que estudem e nos apresente um conjunto de medidas para aceleração do desenvolvimento de Cuiabá. Essas ações precisam ter como base estímulos às PPPs e apoio as pequenas e microempresas tão penalizadas nesta pandemia. Muita coisa boa está por vir. Vamos sair dessa fase difícil maiores do que entramos”, afirmou.

Ainda em seu discurso, Pinheiro também destacou o dever de manter sua gestão firme e transparente, conseguindo tirar do papel o maior e mais completo hospital do Centro-Oeste, o Hospital Municipal de Cuiabá – Dr. Leoni Palma de Carvalho (HMC), que foi entregue à população há dois anos. “Neste período atendemos milhares de pessoas, a maior parte delas, vindas do interior e mesmo com repasses atrasados do governo do Estado, estamos conseguindo proporcionar qualidade de vida e saúde digna ao nosso povo. O HMC é uma realidade. Durante o auge da pandemia, criamos 135 leitos de UTI exclusivos para pacientes de Covid-19, mais uma vez Cuiabá abraçou o interior do estado, garantindo leitos para aqueles que procuravam a capital para se tratar. Esse é o retrato da humanização do nosso governo”, afirmou.

Outro projeto destacado pelo prefeito foi o lançamento do Contorno Leste, que beneficiará cerca de 200 mil pessoas, de mais de 50 bairros da Capital. Serão 17,3km de extensão até a ligação com a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251). “É a maior obra estruturante da história de Cuiabá. Isso só foi possível, graças ao nosso controle financeiro e boa gestão fiscal que nos proporcionou conquistar empréstimos junto as principais instituições financeiras para a realização desse antigo sonho cuiabano”, disse.
No perímetro urbano, relembrou a entrega do primeiro viaduto construído 100% pelo Município, localizado na Avenida Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), o viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”, que já está em pelo uso pela população. Além disso afirmou que o mesmo benefício também está sendo levado para a Avenida Manoel José Arruda (Av. Beira-Rio), que passará a contar com o viaduto Murilo Domingos.

“Continuaremos dando prioridade às áreas de saúde, educação, assistência social, mobilidade urbana e infraestrutura, nos quais Cuiabá avançou muito, mas que muito ainda precisa ser feito. Senhoras e senhores, fiz um compromisso com a população cuiabana, de que este próximo mandato seria de mais desenvolvimento, com distribuição de renda, educação e saúde de qualidade. Para termos um crescimento acelerado, duradouro e justo, devemos articular cada vez mais e melhor uma política social capaz de distribuir renda, gerar emprego e inclusão”, ressaltou.

No discurso, o prefeito também fez questão de falar sobre a criação Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, para discutir a mudança, ou não, do VLT para o BRT. “Não abrirei mão de que sejamos ouvidos e de que nossas opiniões sejam respeitadas”, garantiu.

OLHAR DIRETO


Compartilhe Nossas Notícias