Paulo Gustavo apresenta piora da função pulmonar e segue em UTI

Compartilhe Nossas Notícias

UOL CONTEÚDO

Paulo Gustavo, internado com covid-19, apresentou piora da função pulmonar hoje. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do ator em nota enviada ao UOL. O comunicado afirma que o artista passou por “reajustes terapêuticos”por ter um agravamento do quadro clínico, o que motivou a evolução à terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).
Em ventilação mecânica desde domingo (21), no Rio de Janeiro, o ator chegou a apresentar sinais de melhora, mas devido ao agravamento do quadro clínico, teve que evoluir à terapia por ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea. Paulo Gustavo segue em terapia intensiva. A Oxigenação por Membrana Extracorpórea é uma técnica utilizada em pessoas com falência cardiovascular ou pulmonar. A terapia conta com o uso de uma bomba para fazer circular o sangue por meio de um pulmão artificial fora do corpo, regressando depois à corrente sanguínea.
O comunicado destaca que a família do ator segue agradecendo aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua recuperação e para de todos os que se encontram na mesma situação. Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável nas últimas horas.
Hoje, o pai de Paulo Gustavo, Júlio Marcos, fez uma publicação nas redes sociais para pedir orações ao filho. “Está enfrentando uma árdua e dolorosa luta”, disse sobre a saúde do ator, que está internado desde o dia 13 de março. Na quarta-feira (31) foi a vez de Déa Lúcia, mãe do artista, ir às redes sociais pedir que o filho melhore. Ela compartilhou um vídeo em que aparece no palco durante uma apresentação do ator.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias