Pescador encontra corpo de jovem torturado e executado por facção em MT

Compartilhe Nossas Notícias

RAFAEL DE SOUSA

REDAÇÃO

Um pescador de Sorriso (420 km de Cuiabá) teria encontrado o corpo de um jovem torturado e executado a tiros, no último dia 21 de janeiro, e jogado no Rio Teles Pires, numa região chamada de Salto Magessi, no Distrito de Boa Esperança do Norte.

De acordo com o site da região Só Notícias, uma fonte da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou a localização do corpo. O nome da vítima ainda não foi informado.

O cadáver foi encontrado em avanço estado de decomposição próximo a várias árvores, no Distrito de Boa Esperança.

À época do crime, o Corpo de Bombeiros realizou diversas buscas na região, mas apesar de todo esforço não conseguiram localizar a vítima.

Relembre o crime

De acordo com a Polícia Civil, dois jovens teriam sido abordados por três criminosos após um deles postar vídeo nas redes sociais dizendo que era membro de uma facção criminosa. As vítimas foram amordaçadas e levadas até uma casa.

Na residência, eles foram agredidos e ameaçados. Os criminosos passavam a faca em suas orelhas e dedos falando em arrancá-las. O todo o tempo os criminosos perguntavam se eles eram faccionados.

No dia seguinte, os jovens foram levados para um lugar conhecido como Salto Magessi. Um deles foi levado até uma pedra, colocado de joelhos e executado a tiros.

A testemunha estava vedada e amordaça, e contou que conseguiu olhar por baixo da venda o momento em que um dos bandidos segurava seu amigo e o outro realizava os disparos.

Logo depois, os criminosos o pegaram e o levaram no mesmo lugar, porém, ao chegar perto da margem, ele se jogou na água e foi levado pela correnteza. Ele conseguiu se desamarrar e buscar por socorro.

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias