Polícia

PM de Sorriso recebe motocicletas por meio do Programa Mais MT

Mais agilidade e mais rapidez no enfrentamento à criminalidade. O 12.º Batalhão da Polícia Militar de Sorriso passa a contar com quatro motocicletas modelo XRE 300 cilindradas, que foram oficialmente recebidas, na manhã desta sexta-feira (23), pelo prefeito de Sorriso, Ari Lafin; pelo secretário de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep), José Carlos Moura; e pelo tenente-coronel PM Jorge Almeida, que comanda o batalhão.

Na cerimônia realizada na sede do Comando Regional 3 (CR3) da Polícia Militar em Sinop, o prefeito foi homenageado com a Moeda Honorífica, destinada às personalidades que contribuem de maneira significativa para que a Polícia Militar possa cumprir seu papel constitucional e social.

“Hoje é um dia de agradecer, tanto à PM, quanto ao Governo do Estado de maneira geral, que vem investindo em ações para ampliar a segurança, levando em consideração demandas levadas por nós”, lembrou o gestor, reforçando o papel da Câmara de Vereadores, do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e de demais instituições no levantamento de pautas e na busca de ações efetivas para, de maneira democrática, caminhar para uma cidade cada vez mais segura.

Ainda em dezembro do ano passado, o prefeito, acompanhado por demais representantes sorrisenses, como o então presidente da Câmara de Vereadores, Cláudio Oliveira, solicitou ao secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, não só as motocicletas, mas também aumento do efetivo, retirada do Centro de Ressocialização do centro da cidade e a criação de um Batalhão Rural.

Presente à cerimônia de hoje, o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel PM Jonildo José de Assis, deu também outra boa notícia a Ari. “Dentro de 90 a 120 dias, deve ter início o programa de Policiamento Rural, com viaturas com tração 4×4, equipadas com drone e GPS”, destacou o comandante, também citando outras inovações que estão sendo implementadas pelo programa  Mais MT, como o rádio digital, que impede que o sinal possa ser captado por outros aparelhos.

“Percebemos um interesse muito grande na busca do atendimento a estes pedidos, visto que a mudança do CRS também está sendo avaliada, inclusive com a vinda de engenheiros da Sesp ainda em janeiro para estudar a área destinada pelo Município”, reiterou o prefeito.

Além da entrega, no dia 15, das  103 motocicletas à PM de Mato Grosso, com um investimento de R$ 2,7 milhões, o Mais MT prevê  investimentos em uniformes, troca de armamento, novas viaturas e demais ações para ofertar melhores condições de trabalho para integrantes da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e do Corpo de Bombeiros.

Texto: Nádia Mastella

Fotos: Rômalo Bessa

MT Notícias

Deixe um comentário