PM que sofreu acidente de moto não resiste e morre em Cuiabá

Cabo José Carlos Gonzaga, de 37 anos, bateu na traseira de um caminhão no dia 17 de fevereiro
Compartilhe informação
O cabo da PM José Carlos Gonzaga (detalhe) estava internado no Hospital Municipal de Cuiabá
Arquivo Pessoal

FICOU 1 MÊS NA UTI

O policial militar José Carlos Gonzaga, de 37 anos, morreu na quinta-feira (17), depois de passar um mês internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Cuiabá.

Ele sofreu um acidente de moto no dia 17 de fevereiro, a caminho do trabalho, em Nova Marilândia (a 253 quilômetros de Cuiabá).

Gonzaga seguia pela rodovia MT-240 quando colidiu na traseira de uma carreta, sofrendo graves ferimentos.

O militar foi primeiramente levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tangará da Serra e em seguida transferido para o HMC.

Gonzaga apresentou complicações do traumatismo craniano e não resistiu ao agravamento do seu quadro.

O cabo, que deixou esposa e três filhos, estava há 11 anos na corporação, sendo que por mais 10 prestou serviços em Nova Marilândia. Gonzaga era natural e residia em Tangará da Serra.

Em nota, o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, lamentou “a irreparável e dolorosa  perda” e enviou “condolências à esposa e aos três filhos do policial militar, que enfrentam esse momento difícil”. 

O corpo está sendo levado para a sua cidade natal e será velado a partir das 19h, na sede da Associação dos Praças da Polícia Militar de Tangará da Serra.

LIZ BRUNETTO
MIDIA NEWS

Participe de nosso grupo no WhatsApp
Entre Clicando no botão
 

 

Parceiros

     

 

 

Compartilhe informação
Veja também