Restaurante esconde clientes em vestiário para escapar de fiscalização

Compartilhe Nossas Notícias

METRÓPOLES

O dono de um restaurante no bairro 13 de Julho, em Aracaju, Sergipe, desrespeitou o decreto do estado e abriu as portas do comércio na última quinta-feira (25/3). Ao perceber que agentes de fiscalização se aproximavam, no entanto, baixou as portas do estabelecimento e escondeu os clientes no vestiário dos funcionários.

“Batemos à porta para que abrissem, mas demoraram um pouco. Quando levantaram as portas vimos que não havia clientes sentados à mesa, e nos perguntamos onde eles estariam. Procuramos dentro do estabelecimento e os encontramos amontoados no vestiário dos funcionários”, relatou Michelli Rios, fiscal da Vigilância Sanitária. A quantidade de clientes não foi informada.

De acordo com o decreto do governador Belivaldo Chagas (PSD), o limite de público é de 30% da capacidade dos estabelecimentos. Nos dias da semana, até a quinta, o toque de recolher começa às 20h. Na sexta, às 18h. Após o horário, são permitidos apenas serviços de entrega. No fim de semana, o atendimento só é permitido por entrega e retirada no local.

 

A medida tem como objetivo frear o avança da Covid-19 do estado, que tem mais de 171 mil casos da doença e acumula 3,4 mil mortes.

 

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias