Seduc firma parceria com a Defesa Civil para distribuição dos kits de alimentação escolar

Compartilhe Nossas Notícias

A Defesa Civil de Mato Grosso vai auxiliar a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) na distribuição dos kits de alimentação escolar. A parceria surge de um pedido da própria Secretaria, para garantir todas as normas de biossegurança nas entregas, principalmente nas unidades maiores da Baixada Cuiabana, e evitar qualquer tipo de aglomeração.

Secretário de Educação, Alan Porto fez uma blitz na tarde desta segunda-feira (29.03) na Escola Estadual Heliodoro Capistrano da Silva, no bairro Parque Cuiabá, junto com o superintendente da Defesa Civil, tenente-coronel Marcelo Augusto Reveles Carvalho. A organização na distribuição dos kits foi destacada tanto pelo secretário como pelo superintendente.

“Tudo muito bem organizado, sem aglomeração, respeitando todos os protocolos de biossegurança”, enfatizou Alan Porto.

O tenente-coronel Reveles destacou que a parceria é para a Baixada Cuiabana, mas caso escolas do interior necessitem de ajuda serão acionadas as Defesas Civil municipais.

Reveles enfatizou que a Defesa Civil vai atuar tanto na orientação, caso a escola esteja encontrando alguma dificuldade, como na própria distribuição. “É importante que as escolas já deixem os kits prontos para na hora que o pai ou responsável chegar só pegar e já ir embora. Isso evita aglomeração”, exemplificou.

O secretário Alan Porto aproveitou a oportunidade para conferir os kits que estavam montados.

Neste ano, o kit alimentação custa, em média, R$ 100,00, e possui: dois pacotes de cinco quilos de arroz, um pacote de um quilo de feijão carioca, um litro de óleo de soja, um quilo de sal, um quilo de frango, um quilo de vegetal, um quilo de fruta e um quilo de tubérculo.

Seduc-MT

Um kit por aluno

Todos os alunos da rede estadual de ensino têm direito a um kit alimentar cada. Ou seja, não é um kit por família, mas um para cada estudante.

Já foram entregues cerca de 115 mil kits alimentação. Devido à pandemia, todo o processo é feito por meio de agendamento, para que não ocorra aglomeração.

Pais ou responsáveis só podem retirar o kit no dia e horário agendados. Por isso, não adianta ir até às escolas antes deste agendamento.

Devido ao agravamento da pandemia, as escolas estão mantendo a mínima estrutura necessária para a montagem e entrega dos kits. Entretanto, nos municípios onde for decretado lockdown, a distribuição terá que ser suspensa durante o período de medidas mais restritivas.

Portaria da Seduc, publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (29.03), determina que as escolas da rede estadual de ensino sigam os decretos municipais.

Andréia Fontes | Seduc-MT

MT Notícias


Compartilhe Nossas Notícias