Sorriso: Mãe denuncia ex-marido por bater em seu filho, de 08 anos, com cinto de pneu; Homem disse que foi para educá-lo

Compartilhe Nossas Notícias

A polícia militar foi acionada por volta das 18h40 da última sexta-feira (01/04), no bairro Mário Raiter, para tender a uma ocorrência de ameaça e lesão corporal contra um criança de 08 anos de idade.

Segundo a denúncia uma criança teria sido espancada pelo pai e quando os policiais chegaram ao local, encontraram  a ex mulher do suspeito, que disse que teria sido ameaça pelo seu ex convivente e que seu filho teria sido espancado pelo mesmo.

A mulher disse que teria recebido seu filho, de oito anos, do pai, pois os mesmo dividem a guarda do filho, e que seu filho chegou em casa triste, e teria dito para a mãe que sentia dores. A mãe, ao tirar a camisa do filho para olhar o que poderia estar ocasionando as dores, viu que seu filho estava com hematomas roxos nas costas.

Ao questionar o filho sobre o que teria acontecido, ele informou que o seu pai teria batido nele porque ele teria errado na hora de fazer a tarefa, e que a surra teria sido com um cinto de pneu. Pai e filho estaria sozinhos na casa.

A mulher, que foi ameaçada e é ex esposa do suspeito, relatou para os policiais, que o suspeito já teria ameaçado a mesma, dizendo que a mataria se ela registrasse as qualquer boletim contra ele ou tentasse tirar a guarda do filho dele.

Diante das declarações de ambas as vítimas, os policiais se deslocaram deslocou até as casa do suspeito onde o localizaram e deram  voz de prisão pelos crimes de ameaça contra a ex-mulher e lesão corporal contra o filho. De 08 anos.

O mesmo foi conduzido à delegacia.

Uma testemunha relatou aos policiais, que no momento em que o suspeito bateu no seu filho ela estava  em casa e que o menino tentou agredir seu pai e estava o desrespeitando.

No trajeto a delegacia, o suspeito disse aos policiais que realmente teria ameaçado a ex mulher, mas que seria se ela fizesse alguma acusação falsa sobre o mesmo e disse que não teria falado pra ela que bateu no filho, por não achar necessário, pois ele teria batido no filho para corrigir seus erros.

JK Noticias

MT Notícias


Compartilhe Nossas Notícias