STF garante a Lula acesso a mensagens vazadas de membros da Lava Jato

Compartilhe Nossas Notícias

Com a decisão, Supremo Tribunal Federal abre a possibilidade de que Lula torne-se elegível em 2022

(Foto:Ricardo Stuckert/Twitter de Lula)

Na tarde desta terça-feira (9), a maioria dos ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizaram a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a ter acesso a mensagens trocadas entre procuradores da República que integram a força-tarefa da Lava Jato.

As mensagens em questão foram as que vazaram para a imprensa após serem apreendidas na Operação Spoofing. Os ministros rejeitaram um recurso do Ministério Público que pretendia impedir o acesso da defesa de Lula aos textos.

As mensagens foram publicadas em 2019, quando hackers invadiram celulares de autoridade ligadas à Lava Jato. Entre os que tiveram conversas expostas estão o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Os advogados de Lula tentam agora usar o material para anular os processos aos quais o ex-presidente responde na Justiça. Na lista estão, inclusive, os que resultaram nas condenações do caso do triplex do Guarujá e do sítio de Atibaia. O argumento é que houve perseguição política.

Se conseguir reverter as condenações, Lula deixaria de ser inelegível.

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias