Política

STF mantém suspeição de Sérgio Moro na Lava Jato

Maioria dos ministros acredita que o ex-juiz agiu de forma parcial ao emitir sentenças nos processos

Em uma sessão realizada em plenário, nesta quinta-feira (22), o Supremo Tribunal Federal (STF) analisou a suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos processos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da Operação Lava Jato.

A Corte decidiu, por maioria, manter a decisão da Segunda Turma da Corte que considerou Moro suspeito. A decisão é considerada uma vitória para o ex-presidente Lula, que afirma ter sofrido perseguição da Lava Jato.

Embora o julgamento não tenha terminado, a maioria dos votos já é pela suspeição de Moro enquanto comandou a operação. O placar, por enquanto, é de 6 a 2.

Veja como os ministros votaram

Até o momento, votaram pela manutenção da suspeição de Moro os ministros Alexandre de Moraes, Nunes Marques, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski.

Foram contrários à manutenção da suspeição o relator, Edson Fachin, e o ministro Luís Roberto Barroso.

O Livre

Deixe um comentário