Surto de covid entre profissionais fecha escolas em Várzea Grande

Compartilhe Nossas Notícias

SÍLVIA DEVAUX

DA REDAÇÃO

Três escolas estaduais em Várzea Grande suspenderam as atividades desta semana depois de registrar casos de covid-19. Outras ainda têm funcionários com suspeitas.

A suspensão na Escola Estadual Fernando Leite de Campos foi comunicada pelo diretor Ranielli Mendes em vídeo postado no Youtube e nas redes sociais.

O diretor avisou que o atendimento está suspendo nesta quinta-feira (18) e sexta-feira (19) para a desinfecção da unidade e, assim, garantir a segurança de toda comunidade e também dos funcionários.

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Várzea Grande (Sintep/VG) informou que ainda suspenderam as atividades após também confirmarem casos a E.E. Ubaldo Monteiro, no Jardim dos Estados, E.E Porfíria Paula de Campos, Santa Isabel, e E.E. Fernando Leite de Moraes, no Cristo Rei.

Na E.E. Professora Vasti Pereira, no Mapim, e a E.E. Especializada CHP Célia Rodrigues Duque, no Centro, os funcionários com o vírus foram afastados e as atividades seguem normal. As atividades nas demais escolas retornam somente na segunda-feira (22), quando também serão retomadas as entregas das apostilas aos estudantes. 

Diante disso, a Prefeitura de Várzea Grande pediu um posicionamento da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) que faz um levantamento detalhado em todas as 44 unidades.

Preocupados, principalmente porque houve comentários sobre suspeita de caso na E.M.E.B. Jaime Veríssimo de Campos Junior (Jaiminho), no bairro Nova Várzea Grande, a Prefeitura também já está fazendo o levantamento.

Para dirigente do Sintep/MT e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Gilmar Soares, o quadro confirma a posição contrária ao retorno, mesmo em sistema híbrido. “Aulas presenciais apenas com a vacinação. A situação da pandemia não pode ser conduzida de forma irresponsável, como se fosse apenas uma gripezinha”, defendeu.

Até o fechamento desta edição, nem o Estado ou o Município deram mais informações sobre o levantamento que é feito. O espaço segue aberto para as manifestações.

Veja vídeo:

Repórter MT


Compartilhe Nossas Notícias