Técnica de enfermagem é ouvida pela Polícia Civil

Compartilhe Nossas Notícias

Profissional denunciou um hospital particular por descaso com os pacientes em Cuiabá

Imagem Ilustrativa (Foto: Freepik)

A delegada Luciane Barros Pereira de Lima ouviu a técnica de enfermagem Amanda Benício em depoimento na manhã dessa quarta-feira (7). A profissional denunciou um suposto ato de negligência em um hospital particular de Cuiabá.

O caso teve grande repercussão porque a técnica relatou que uma das vítimas do descaso na unidade teria sido o major da Polícia Militar Thiago Martins de Souza, que morreu em decorrência da covid no domingo (4).

Segundo ela relatou no boletim de ocorrências, o local não oferece os medicamentos suficientes, equipamentos e ainda há imperícia de quem faz procedimentos como a intubação.

O Comando da PM já solicitou que o Conselho Regional de Medicina e o Ministério Público do Estado tomem alguma providência sobre o caso também.  Enquanto isso, a Polícia Civil deu início a investigação preliminar, cuja primeira ação foi o depoimento da denunciante.

Vale lembrar que está incluso no processos os fatos apontados em um segundo boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, em que a técnica de enfermagem consta como uma das partes envolvidas em um princípio de tumulto ocorrido na manhã do dia 5 de abril, no hospital particular, localizado no Jardim Califórnia, na Capital.

A delegada destaca que todas as informações apresentadas pela técnica de enfermagem serão apuradas. Os próximos passos da investigação são a requisição de documentos que se fizerem necessários para o esclarecimento dos fatos e oitivas de pessoas citadas pela profissional de saúde no boletim registrado, entre elas familiares de pacientes atendidos e funcionários do hospital.

(Com informações da Assessoria)

O Livre


Compartilhe Nossas Notícias